Mulheres de Efeito #04: Ju Cardoso

Oi, pessu! A quarta edição do Mulheres de Efeito é dedicada à Juliana Cardoso, aluna do primeiro #SQUADDOEFEITO que teve seu trabalho reconhecido pela revista Vogue Britânica. A Ju tem uma marca de acessórios pra lá de incrível, chamada Filhas de Júpiter, administrada por ela e por mais duas alunas unidas pelo curso: a Paula Falcão e a Kassia Simas.  Mais uma vez o Efeito Orna ajudou a convergir mulheres que agora trabalham pelo mesmo propósito.

MULHERES DE EFEITO

A Ju é designer e criou sua marca em 2015. Desde então a goiana elabora peças ousadas e cheias de autenticidade!

Feito para pessoas marcantes. É assim que Juliana define sua criação, que nasceu da busca por mais liberdade criativa e por um empreendimento de moda autoral e sustentável.

E foi vendendo seus acessórios em feiras esporádicas e na internet que tudo começou. Vegana e seguindo conceito slow fashion — movimento sustentável, que prega um consumo e produção mais consciente — suas produções contam com elementos geométricos, muita inspiração arquitetônica e com o uso de materiais que fogem do que estamos habituados a ver por aí. Pra vocês terem uma ideia, temos uma lista que vai do uso do couro ecológico, cristais brutos, até a pastilhas de revestimento de parede!

  “Sou apaixonada por criar coisas novas, misturar técnicas artesanais com a tecnologia e trazer um produto inovador, único. Ter minha própria marca me possibilita ter essa liberdade criativa e levar esses valores para as pessoas. Quero espalhar a ideia do slow fashion, do produto autoral que tem alma e acredito que expressamos nossa personalidade através das roupas”.

Vamos conferir algumas dessas peças lindas!

Para empreendedora de 26 anos, sua jornada começou bem antes de 2015, mas é um sonho alimentado desde sua infância, quando fazia acessórios ao lado de sua mãe. Sua inspiração vem da arquitetura, do urbanismo e das formas geométricas. O minimalismo acabou se tornando sua identidade.

“Cresci rodeada por mulheres criativas, minha avó fazia bordados, minha mãe faz vários tipos de artesanatos, e aprendi muitas dessas técnicas com elas. Hoje vejo que esse contato com trabalhos manuais me enriqueceu muito como designer e isso reflete no meu trabalho até hoje”.

Olhe só o que a Vogue falou sobre a designer:

mulheres de efeito vogue britânica ju cardoso empreendedorismo feminino acessórios marca filhas de júpiter
“A designer brasileira, Juliana Cardoso, produz peças impressionantes e inovadoras usando uma variedade de materiais não-convencionais, incluindo couro vegano. Para ver mais das suas impressionantes joias visite www.filhasdejupiter.com ou visite o seu instagram @filhasdejupiter”.

Nós ficamos muito inspiradas com a história dessa aluna, que conseguiu ganhar seu espaço nas páginas de uma das revistas de modas mais famosas do mundo. E ficamos ainda mais curiosas para saber qual foi o papel do curso Efeito Orna na sua trajetória empreendedora. Tivemos a oportunidade de entrevistá-la e vamos dividir com você um pouco dessa conversa:

  1. Quem é a Ju Cardoso depois de conhecer o curso Efeito Orna? Qual o aspecto que mais mudou em sua vida?

O que mais mudou foi  passar a ter uma visão mais ampla de todo o negócio. Hoje tenho uma visão mais estratégica e de que cada canal tem de ser trabalhado. Ainda não consegui fazer tudo da maneira que eu gostaria, mas está caminhando.

Antes do curso e achava que bastava fazer um produto bonito e diferente e as coisas iriam acontecer sozinhas, o que não é verdade. Vi a importância de uma estratégia de comunicação/marketing. Entendi que deveria estar tudo alinhado.

  1. Qual foi sua reação quando leu o e-mail da Vogue direcionado a você?

Fiquei extremamente feliz por ter meu trabalho reconhecido por uma das maiores revistas de moda do mundo! Mas a minha primeira reação foi de choque. Depois de ficar incrédula, verifiquei a veracidade do conteúdo com vários amigos. E era verdade.  

mulheres de efeito vogue britânica ju cardoso empreendedorismo feminino acessórios marca filhas de júpiter
Foto: Osmar Gof
  1.  Aparecer em uma publicação como a Vogue e expandir seu trabalho para fora do Brasil já é algo grande. Mas qual é próximo passo que pretende dar para o desenvolvimento da sua empresa?

No momento em que li o e-mail, eu sabia que muita coisa ia mudar. Sempre investi de forma cautelosa e fui aprendendo com o caminho. Depois que a Vogue apareceu, decidi intensificar a presença digital e off-line. Quero estar em mais pontos de venda pelo Brasil e em todo o mundo pela internet.

  1.  O que mais te inspira a criar?

Além dos desenhos geométricos, trago sempre um elemento manual que considero um diferencial. Na coleção Cactus, as peças foram trançadas à mão, já usei pedras brutas naturais, revestimento de banheiro. Gosto de tudo que é diferente e da sensação de fazer algo único, que ninguém nunca fez antes.

  1. Se pudesse dar um dica, conselho, compartilhar um aprendizado com quem pretende e deseja seguir o caminho do empreendedorismo, qual seria?

Na verdade, seriam dois conselhos. Nunca pare de estudar e comece agora! Nada nunca vai estar pronto como você deseja, mas comece mesmo assim.  Busque sempre estudar e se atualizar sobre marketing, empreendedorismo, as tendências e demandas do mercado.

Acompanhe o trabalho da Ju no site: filhasdejupiter.com/ Instagram: @filhasdejupiter | @jucardoz

Se você já foi aluna do #SQUADDOEFEITO ou do curso presencial, nos mande seu depoimento! Vamos amar compartilhar sua história e suas conquistas.