Oi, pessu!

Após muitos pedidos, e agora que já faz um tempo que fiz o meu corte de cabelo 80’s, resolvi gravar um vídeo e falar como tem sido a minha rotina com ele. Já escrevemos sobre isso aqui no blog, então essa é uma atualização – ou melhor, uma part. II pra contar sobre o pós-corte.

Primeiro preciso frisar que, quando resolvi que iria cortá-lo, apesar de gostar de como ele estava anteriormente, foi porque eu sentia uma necessidade imensa de mudança – ou seja, eu não me identificava mais com aquele cabelo. E esse assunto também já foi exposto no artigo #CABELODOMEUMOMENTO (pra quem ama cabelos e adora acompanhar minhas mudanças capilares, essa leitura é fundamental).

Bom, a vontade de ter um corte anos 80 já estava sendo trabalhada na minha cabeça, até que finalmente cortei! E aqui vai uma dica: para conseguir esse efeito, o segredo está no repicado. Mas, se de alguma forma você não está acostumada com os fios em camadas, peça para o seu cabelereiro não repicar tanto nas pontas porque vai rolar um estranhamento e ele perderá textura e volume.

Então, logo quando sai do salão, percebi que as pontinhas estavam muito finas e, mesmo não querendo perder comprimento, cortei mais ainda para deixar os fios do jeitinho que eu queria: COM VOLUME. E o resultado foi esse:

Agora, falado sobre alguns tópicos que são os mais perguntados – lavagem, secagem e finalização – não existe nada de muito complexo, mas acredito que compartilhar pode ajudar muita gente que também tá afim de aderir à esse visu.

LAVAGEM: tenho usado shampoos comuns. O corte acabou retirando todos os fios ressecados que eu tinha, então eu não tenho usado produtos com óleos, pois não tem necessidade e eles acabam, no meu caso, deixando o cabelo mais para o liso do que para o ondulado/enrolado – que é justamente o que eu não quero para esse tipo de corte. O pulo do gato é que eu lavo 2 vezes normalmente com qualquer shampoo e não passo condicionador (no MEU caso, ele hidrata muito).

SECAGEM: depois de lavar, eu seco o cabelo  com a toalha fazendo movimentos debaixo para cima e precionando os fios levemente – para ativar as ondas. Daí, entro com um creme da deva para cachos e continuo com os mesmo movimentos. O ideal é ter um difusor, mas não tenho usado muito. Quando seco com o secador, é sempre debaixo para cima e tentando criar volume.

shampoo Natura // shampoo Dove // shampoo L’oréal

 

FINALIZAÇÃO: por último, uso um umidificador – o do momento é da Forever Liss. Para dar um brilho extra, também coloco uma leve camada de óleo – tenho amado o de abacate com coco e argan da Vyvedas.

óleo Vyvedas // creme Deva // umidificador Forever Liss

 

DICA EXTRA: tenho feito hidratação com óleo de coco e estou amando. E para fortalecer, tenho usado crina de cavalo que ganhei de uma leitora – esse último eu superrecomento, ele ajuda de verdade a combater queda.

Espero que as dicas ajudem quem está querendo entrar nesse universo das madeixas vintage. Importante lembrar: você deve fazer testes, pois nem sempre o que funciona pra um serve para o outro. E isso a gente só consegue saber usando mesmo!

E se ainda ficou dúvida que tenha a ver com esse assunto ou tem alguma dica de produto, deixe nos comentários.

 

++Veja também: Cabelin da Bá

Débora
Tenho 1.57, Relações Públicas, especialista em marketing digital que ama dividir inspirações nesse espaço. O Tudo Orna é nossa vida e amamos compartilhar sobre moda, decoração, fotografia e tudo de lindo.